Vamos falar de MENOPAUSA?

3

Olá meninas, tudo bem com vocês?

Hoje que falar de um assunto importante para nós que já estamos nos “enta”… A menopausa, que pode ser precoce, como no meu caso, ou bem tardia, mas de uma coisa é certa, nenhuma mulher escapa dela!

Eu já havia feito esses posts nas minhas redes sociais, mas o Facebook, me deixou na geladeira por conta da palavra LIBIDO!!! Fiquei muito p da vida, afinal o que não falta nesse face são fotos libidinosas, agora um artigo, falando sobre esse efeito na menopausa não pode, claro! Depois fiz o post falando sobre o aumento de peso na menopausa e a foto que vocês verão abaixo também não podia porque aparecia uma barriga e a política deles não permite! Garrei um ódio nisso! hahahaha

Mas, como estamos falando de um assunto sério, resolvi postar aqui para vocês o que me proibiram lá…

Bem, vamos então ao que realmente interessa… Tenho certeza que você se identificará com algumas dessas situações!

 

 

menopausa e a depressão

 A menopausa causa depressão?

O número de mulheres na menopausa vem crescendo com o aumento da expectativa de vida e a depressão é uma das enfermidades psíquicas mais comuns. Como o mito de que há depressão na menopausa é arraigado na sociedade ocidental, até mais de 2/3 das mulheres temem apresentá-la, embora este temor não esteja associado à forma como elas virão a vivenciar o climatério (período de vida da mulher logo após a ultima menstruação). Os fatores psicossociais são os que têm sido mais associados à depressão e seriam: mudanças nos papéis familiares, eventos estressantes da vida, envelhecimento e perda do papel reprodutivo/feminilidade. Ainda influenciam normas e valores culturais e quanto a mulher investe na valorização das alterações fisiológicas desse período. O “efeito dominó” (o aparecimento dos sintomas físicos na perimenopausa levando as alterações do humor) de maneira isolada e de maneira generalizada não explicaria a depressão na menopausa, mas poderia ser significativa em mulheres vulneráveis.

É importante ressaltar que alterações do humor como tristeza, angústia, crises de choro e irritabilidade são sintomas que fazem parte do inicio do climatério. São sintomas que também ocorrem na depressão, mas isoladamente não significam que a mulher está deprimida.
*Fonte: Abrata

E ainda dizem que somos o sexo frágil?
Não, não é fácil envelhecer, as mudanças hormonais são muito pior que as rugas!

menopausa e a libido

Você está na menopausa? Sofre com a falta de libido?

Fique tranquila, você não está sozinha…

A falta de desejo sexual na menopausa afeta entre 20% e 40% das mulheres, isso acontece devido ao desequilíbrio hormonal que desencadeia a menopausa. A redução na produção de progesterona, testosterona e estrogênio afeta o físico e o emocional causando desinteresse sexual, frustração, irritação, dificuldade em sentir-se sexualmente excitada (mesmo quando estimulada), paredes vaginais mais frágeis, secura vaginal, dor e/ou desconforto durante o ato sexual, incapacidade de atingir o orgasmo.

Mas calma, para tudo tem um jeito! Existem várias formas de reverter a falta de desejo sexual e devolver o prazer da vida a dois:

* Seguir uma alimentação saudável, incorporando alimentos como peixe, ostras, verduras, feijão vermelho, trigo-sarraceno/trigo mouro, nozes, laticínios, tofu e produtos com soja na dieta diária.

* Aumentar a prática de exercício físico.

* Incorporar técnicas de relaxamento na rotina diária como yoga, pilates, meditação, massagens.

* Fazer exercícios de estimulação sexual.

* Fazer exercícios de Kegel para fortalecer os músculos pélvicos/zona vaginal.

* Utilizar lubrificantes durante as relações sexuais.

* Investir mais tempo nos preliminares.

* Experimentar novas (e mais cômodas) posições sexuais.

Lembrando que o sexo não deve ser obrigação, mas sim um prazer, vivido a dois!

 

menopausa e aumento de peso

 

Você ganhou peso após entrar na menopausa, ou está tendo dificuldade em emagrecer?

Segundo estudo feito por especialistas da Sociedade Internacional da Menopausa e publicada na revista Climacteric da Universidade de Monash, da Austrália, ao contrário do que muitos acreditam, a menopausa não causa um aumento de peso, mas sim da gordura acumulada em torno da cintura. De acordo com a pesquisa, as alterações hormonais que ocorrem com a menopausa, ou seja, a queda dos níveis de estrogênio, alteram a forma como o corpo armazena gordura nos quadris e na cintura.

O acúmulo de gordura abdominal, porém, também representa riscos à saúde, como o aumento do risco de diabetes e especialmente de doenças cardiovasculares, principal causa de morte entre as mulheres na pós-menopausa.

Controlar o peso antes que ele se converta num problema, o ideal é se  preocupar com isso antes da menopausa, cuidando da alimentação e praticando atividade física.

Porém, se este já é seu caso pós-menopausa não se apavore… Que tal uma mudança em seu estilo de vida? Inclua exercícios físicos em sua rotina diária, aliado a boa alimentação. É preciso ter cuidado com as refeições para não engordar na maturidade. O metabolismo fica mais lento já a partir dos 40 anos e as necessidades calóricas diminuem em média 2% ao ano.

Deixe o sedentarismo de lado cuide-se!

****

E aí, alguém se identificou com alguma coisa? Fiquem ligadas, porque sempre teremos assuntos ligados ao universo da mulher madura, como você já sabe…

Quer enviar sugestões de temas? Recebo muitos pedidos no direct no Instagram, ou me mande um email contato@rosianetank.com.br.

Ah, me siga nas redes sociais também @rosianetank e a fanpage /blogdarosianetank

Até mais…

Beijo, abraço, aperto de mão! ;) 

3 Comments
  • Anna Gurgel
    abril 3, 2018

    Rosiane, tenho que desabafar , já fui varios médicos que falam que falta de libido não existe na menopausa, que os maridos , homens têm que ser mais carinhosos, pois com o tempo eles perdem ou não nos desejam mais e com isso como sempre achamos que somos nós que não temos libido., culpa nossa envelhecer.
    Falei também sobre a depressao e do hipotireoidismo que vem nessa fase, parece que falei a maior bobagem do mundo.- isso não existe,insônia:- isso não existe….peço por favor me dê um remédio para menopausa, vc ainda não precisa… o que faço?? Sofro! SIM, isso passa..tem dias que quero morrer. Onde esses médicos estão se formando, o meu é professor de federal , outro também, recém formados estão desumanizados com o problema da menopausa as médicas então… é o processo do envelhecimento tem que aceitar, como ?? Se tem dias que não consigo sequer sair da cama, sorrir,fingir, socializar. Desculpe … somente um desabafo… bjs adoro seus posts , colunas . Deus te abençoe!
    AnnA

    • Rosiane
      abril 6, 2018

      Oi Anna,
      Como assim não existe???
      Vc faz exercícios físicos? tome melatonina para ajudar a dormir. E procure uma ginecologista mulher, com certeza irá te entender, hahaha.
      Vc deve estar com depressão mesmo, pelos sintomas. Procure um psicólogo, fazer terapia ajuda e a tireóide é essencial. Eu tenho hipo e tem que tratar mesmo… Mexe com tudo, inclusive depressão.
      Qual cidade vc mora?
      Me enviei um email e falamos mais.
      beijos, se cuide!
      Deus te abençoe também…
      Rosiane

  • amartyno
    abril 18, 2018

    Para a terapeuta sexual o mais importante e “investir na desmistificacao da sexualidade e assegurar uma boa relacao sexual antes da menopausa” . Ha alguns pontos chave que Sandra Vilarinho nao se cansa de reforcar, como a mulher nao retira prazer apenas da relacao sexual com penetracao e que uma relacao sexual gratificante antes da menopausa pode continuar a se-lo depois.

Deixe uma resposta para Rosiane Cancelar resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *