O glamour está de volta

0

 

Fala a verdade, que mulher que não curte decoração? Com certeza, todas nós gostamos de ter nos
sa casa ou escritório bem arrumados e mais do que isso. bem decorados. Para falar sobre design, convidei meu querido amigo, designer de interiores, Marco Fonseca. Um notável profissional, que estudou na Itália e está há muitos anos na área. E neste post, ele fala sobre a volta do glamour, do clássico, que aliás, nunca saiu de moda!

DSCN1870

A nostalgia está solta no ar e está com tudo, nada básico, muito clássico. O dourado volta com força total e é uma aposta certa para ganhar um toque sofisticado e fashion. O mobiliário clássico ressurge como um grande must da temporada e com ele o retorno dos tecidos que agora vem com nova roupagem, nova tendência de padronagem e nomes diferentes dos já conhecidos. Como exemplo o Cashmere que agora passa a se chamar Paisley. Os tecidos estampados em zigzag que agora gritam na decoração, passam a se chamar Chevron. Assim como a cor bordô, passa a se chamar Marsalla.

No decor é assim, tudo se sofistica com uma simples e nova roupagem.

A lição agora é o tudo junto e misturado, mas com os olhos atentos para não ficar “brega”. Aliás esta palavra volta tendo como significado principal o excesso. Ser brega é ser exagerado.

Falando das coisas elegantes como a Chinoiserie que é uma imitação ou evocação dos estilos chineses na arte ou na arquitetura ocidental e chega com força total. Nunca se viu tanta combinação de tecidos em tons de azul e branco assim como as louças em estilo chinês, fazendo com que aquela antiga coleção de pratos seja recolocada nas paredes.

A arte acadêmica ressurge e são emolduradas por paredes revestidas em madeira, tecido ou papéis de parede.

Os biombos voltam a dividir espaços e os tetos recebem novamente lindos lustres em cristal.

Os belos tapetes orientais e os refinados franceses Aubusson passam novamente a brindar nossos passos com a beleza dos seus desenhos.

O simples passa a ser sofisticado. Exemplo é o abacaxi que vira escultura e adorno ou estamparia, fazendo valer sua coroa.

Como eu sempre digo, em decoração, todas as possibilidades devem ser avaliadas, utilizando o que o cliente tem de mais importante, sua vivência e sua história.

foto 3

DSCN1831

foto 2

 

Nenhum comentário foi feito ainda.

Deixe uma resposta ou comentário

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *